"Só uso a palavra para compor meus silêncios"

Manoel de Barros


Eu só tenho usado o silêncio para compor os meus gritos...

Este é pura e simplesmente um espaço na mídia para divulgar meus poemas, contos, crônicas e artigos de opinião, bem como dos meus mestres e mestras da Filosofia e ARTES de um modo geral. Amo ESCREVER, acima de todas as coisas, então faço desse espaço o meu "grito de alerta", sem maiores pretensões...mas sempre com muitas provocações, pois fazem-se necessárias para que não sigamos mansos a trilha da manada direto para o matadouro... Apesar de todas as decepções, eu AINDA creio e amo o ser humano, então vamos lutar todos juntos em UNICIDADE, AMOR E FRATERNIDADE.

sábado, 24 de abril de 2010

PRECISAM-SE DE LOUCOS


"De loucos uns pelos outros! Que em seus surtos de loucura espalhem alegria; com habilidades suficientes para agirem como treinadores de um mundo melhor. Precisam-se de loucos de paixão, não só pelo trabalho, mas principalmente por gente, que em cada ser humano veja o reflexo de si mesmo. Precisam-se de loucos que ouçam mais seus corações. Precisam-se de loucos poliglotas que não falem inglês, espanhol, francês ou italiano, mas que falem a língua universal do amor; do amor que transforma, modifica e melhora, de amor que transcende toda a hierarquia, amor que todo ser humano deve despertar e desenvolver dentro de si e pôr a serviço da vida própria e alheia; amor cheio de energia, amor do diálogo e da compreensão. Precisam-se de loucos que saibam que a felicidade consiste em realizar as grandes verdades e não somente em ouví-las."


Autor desconhecido


Quando eu digo que a minha turma está na Somaiê... Diante da recusa do Rui em me aceitar lá por pura intransigência, venho tentando estabelecer contato com os seus participantes via orkut; e é impressionante como são coincidentes o número de comunidades em comum que temos. Ou seja, o nosso olhar no Mundo está direcionado para o mesmo foco. Tanto isso é verdade que recebi esse texto de uma nova amiga que acabei de conhecer que faz parte da Somaiê. E simplesmente adorei o texto e pedi a ela para postá-lo aqui, que infelizmente não sabe quem é o autor. Mas é um texto que me tocou bastante e quis compartilhá-lo com todos.


Valeu, Karen!!!! Brigadão!!! Foi um prazer tê-la conhecido!!! Vc já está me acrescentando um pouco mais... como deve ser em toda amizade que se preze... Um beijo!!!
Lou